O órfão de Hitler

domingo, 26 de setembro de 2010

Escrito pelo inglês Paul Dowswell, O órfão de Hitler (Editora Planeta; 270 páginas) é um romance histórico sobre a Segunda Guerra Mundial, ocorrida nos anos 1939-45, que retrata a cidade de Berlim sendo bombardeada pelos britânicos numa revanche aos ataques nazistas ao território soviético.

Em meio a este conflito, o garoto Piotr Bruck representa na ficção uma das tantas vítimas inocentes da vida real. Durante a invasão soviética à Polônia - um dos marcos iniciais da guerra, seus pais são assassinados e ele é enviado ao orfanato pelas autoridades locais.

Exilado em seu país, Piotr é submetido aos exames de apuração racial por sua aparência germânica: olhos azuis, cabelos loiros e pele clara. Filho de pai alemão e mãe polonesa, Piotr é considerado ‘raça pura’ e, portanto, aceitável na sociedade alemã. Assim, é adotado pela família Kaltenbach.

Morando em Berlim, junto dos Kaltenbach, Piotr (daqui em diante chamado Peter) conhece profundamente os princípios nacional-socialistas apregoados pelos nazistas e, ao longo do enredo, percebe-se a gradual formação da sua identidade ideológica e seu caráter altruísta.

O patriarca Franz dedica-se às pesquisas científicas e, também, ministra palestras sobre a importância da limpeza étnica para supremacia racial germânica. Sua esposa Liese e suas filhas Elsbeth, Traudl e Charlotte dedicam-se ao nazismo por meio de atividades voluntárias diversas que incluem até o denuncismo.

Ao completar 14 anos, Peter passa a integrar a Juventude Hitlerista, para o orgulho dos Kaltenbach, numa tentativa de viver de acordo com os ideais nazistas. Diante daquilo que é visto e ouvido entre os membros do grupo, Peter alia-se a Anna e ambos decidem lutar por seus ideais humanistas, contrariando perigosamente a todos.





O Blog Romance Gracinha propôs a leitura de um romance histórico para o Desafio Literário 2010 do mês de setembro. Nesta gincana entre blogueiros, o objetivo é ler 12 livros, sendo um por mês e de gêneros literários diferentes. Em outubro, os participantes devem ler um livro que contenha uma lição de vida. Até lá!

6 comentários:

  1. Escolhi este livro aleatoriamente para participar do DL 2010 by RG. Eu simplesmente AMEI esta história de amor e coragem. A leitura foi extremamente rápida e depois tive aquela depressão! Numa escala de 01 a 05, minha nota é 05.

    ResponderExcluir
  2. Escolha interessante hehe...
    MAs pela resenha parece que é bom mesmo,quem sabe um dia me anime a ler XD

    ResponderExcluir
  3. Daniella, fiquei interessada em ler. O assunto parece inesgotável. Deve ser interessante acompanhar como, apesar de toda a educação inculcada, o personagem central consegue romper com aquela lógica, hein?!

    ResponderExcluir
  4. Danizinha, querida, também sinto-me interessada pela temática. Pareceu-me cheio de reviravoltas...boa escolha!

    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Meninas, obrigada pelos comentários.

    Todas as histórias que se passam na época da Segunda Guerra são emocionantes... ainda mais quando os personagens se opõem a ideologia da época.

    Seria ótimo se o livro fosse adaptado para o cinema. É um bom enredo...

    Beijos!

    ResponderExcluir
  6. Acabei de lêr esse livro ;D
    Ele ée incrível , super emocionante
    você se vê preso na leiutura , do começo ao Fim
    Vale muito a pena lêr .
    Beijos ;*

    ResponderExcluir

Entre aspas

A palavra amor é um eufemismo para abrandar um pouco a verdade ferina da palavra cio.
Fisiologicamente, verdadeiramente, amor e cio vêm a ser uma coisa só.
(Júlio Ribeiro, 1845-1890)

Seguidores

Últimos Comentários

©LEITURA DO MOMENTO

Todos os Direitos Reservados